O New Range Rover – 1994 – P38

Depois de 24 anos produzindo o Range Rover, a Land Rover decidiu alterar o projeto e lançar o New Range Rover.

O antigo modelo continuou em linha até 1.995 com o nome Range Rover Classic, depois de dois anos a versão Range Rover Classic foi descontinuada.

Com a parte mecânica baseada no Range Rover Classic, o New Range Rover deveria ter um motor e uma plataforma maiores, a fim de acomodar melhor e com mais conforto, mesmo nas piores situações do fora de estrada, todos os seus ocupantes.

O sistema de suspensão escolhido foi o mesmo usado no RR Classic, provido de bolsas com ar comprimido, cumprindo a função das molas helicoidais, controlados por uma central eletrônica e atuadores pneumáticos, o que permite ao motorista escolher a atitude (altura do veículo em relação ao solo) que melhor se adeque ao terreno. Algumas posições também são automaticamente assumidas pelo sistema como, por exemplo, a “extended profile” que automaticamente eleva o veículo quando o mesmo se encontra em baixa velocidade e em dificuldades (rodas patinando) em terrenos com pouca sustentação, ou uma altura mais baixa, quando o veículo se encontra por algum tempo a velocidades acima de 80 km/h, o que aumenta a estabilidade e melhora o perfil aerodinâmico.

O sistema de tração inteligente, operado através do ABS (chamado ETC) atua nos dois diferenciais através dos freios, auxiliado pelo enorme curso da suspensão pneumática tornou o New Range Rover muito competente na prática do Off Road.

Para o entretenimento interno, o New Range Rover possui, opcionalmente, telas de cristal líquido (idênticas às presentes nas aeronaves mais modernas) instaladas nas costas do protetor de cabeça dos bancos dianteiros, videocassete ou DVD completam o conjunto, permitindo aos passageiros do banco traseiro assistir a filmes durante as viagens.

Como curiosidade, uma das exigências do projeto foi que o New Range Rover deveria ter uma personalidade parecida com seu irmão mais velho (RR Classic) daí a forma de seu capuz, chamada pelos ingleses de "capuz em forma de castelo" devido à parte alta nas laterais do mesmo, graças à este desenho, pode-se reconhecer o New RangeRover como o sucessor do Range Rover Classic.

Algumas mudanças foram feitas especificamente para atender alguns mercados como, por exemplo, teto e colunas em aço, para atender às exigências dos testes do mercado americano.

Muito vendido no mercado americano e europeu, o New Range Rover foi substituído no ano de 2.002.