Manutenção a cargo do condutor

A qualidade do combustível brasileiro, especialmente o diesel, sofre muito com as condições de armazenamento, umidade ambiente e os equipamentos dos distribuidores para o varejo.

Abastecer em postos com marcas conhecidas, que tenham bastante movimento de caminhões (os caminhoneiros normalmente sabem onde o combustível é melhor), com mais clientes é a melhor opção, o posto vende mais, a rotatividade do combustível é maior, diminuindo o risco da absorção de água (o diesel tem tendência a absorver água do ambiente).

Para evitar danos ao sistema de injeção, recomenda-se drenar o filtro decantador a cada 30 dias. Obviamente, se você estiver em uma viagem longa (mais de 1.000km por dia) é importante drenar com mais freqüência, diríamos a cada 3 enchidas de tanque (em tanques com capacidade normal, aproximadamente 2.000km).

A seguir descreveremos, passo a passo, os procedimentos ideais para a drenagem do filtro sedimentador.

Aplicação: Modelos Land Rover a diesel.

Localização: Para modelos acima de 1.999, o sedimentador está preso atrás, na longarina, perto da roda traseira direita, em sua parte anterior (mais perto da porta traseira), em modelos anteriores procure na longarina (o lado varia com o ano de fabricação). Nas Discoverys normalmente se localizam na parte interna das longarinas, do lado esquerdo (o lado varia com o ano de fabricação).
Nos modelos acima de 1.999, devido à nova localização, o filtro sedimentador ganhou uma capa protetora, que não existia nos modelos anteriores.
Alguns poucos modelos importados não tem este filtro.

Periodicidade: Conforme o manual do proprietário e os adesivos colados no parabrisa, uma vez por mês (recomendamos fazer a limpeza a cada 2.000km).

Ferramentas necessárias: Alicate com bico largo (apesar de a borboleta do dreno poder ser operada com a mão, um alicate é muito útil), luvas cirúrgicas (se você não quiser sujar as mãos) e um copo descartável.
Procure fazer este procedimento em local limpo, com o carro lavado, preferencialmente estacionado no plano, devido ao risco de a borboleta quebrar, melhor fazer isso em locais onde você possa ter atendimento mecânico caso este acidente ocorra.

Nível de dificuldade: Baixo.

Procedimento:

  1. Uma vez localizado o filtro, retire a capa protetora (se houver) desatarraxando (gire no sentido anti-horário) a borboleta que a prende à longarina. Repare que existem alguns pinos de posicionamento no suporte, preste atenção quanto ao posicionamento pois isso será importante na montagem, diversas pessoas esquecem de encaixar os pinos e literalmente perdem a capa do sedimentador.

  2. Limpe o sedimentador externamente com um pano úmido, desta forma você evitará a entrada de sujeira.

  3. Localize (na parte inferior) a borboleta plástica que drena o sedimentador.

  4. Com o auxílio do alicate, e preparado com o copo plástico descartável, gire a borboleta no sentido anti-horário, até que se inicie a saída de um líquido pela lateral da borboleta. Muito cuidado pois a borboleta pode se quebrar nesta operação (veja a seção “o que pode dar errado”).

  5. Acompanhe o fluxo do líquido saindo, pode ser água ou diesel, ou mistura dos dois, ou sujeira, continue com a “torneira” aberta até que o líquido saia limpo, continuamente. A coloração do combustível varia de fabricante para fabricante, portanto não se assuste se o combustível de seu carro for “roxo”.

  6. Feche a borboleta, girando-a (mais uma vez com o auxílio de um alicate) no sentido horário, até que o líquido pare de escorrer. Limpe com um pano o excesso para se certificar que não existe vazamento.

  7. Ligue o motor, pode ser que falhe um pouco ou demore a pegar, insista na partida até que o motor funcione, (não force o motor de arranque por mais de 30 segundos seguidos) deixe na marcha lenta por alguns minutos, cheque para vazamentos no sedimentador, se não houver nenhum, está tudo OK.

  8. Reinstale a capa protetora, tomando cuidado para encaixar perfeitamente os 3 pinos (dois do lado mais próximo da dianteira, um próximo da borboleta que prende a capa à longarina).

  9. Analise o líquido dentro do copo, a água irá para o fundo (é mais “pesada” que o combustível) se estiver com pouca sujeira, significa que o combustível vendido onde você abastece é limpo, se tiver pouca água, fique contente, se tiver muita água ou muita sujeira, troque de posto (ou limpe o sedimentador mais freqüentemente).

Risco ao meio ambiente: O copo e o seu conteúdo não devem ser jogados no esgoto e nem no lixo, procure o posto de combustível onde você está acostumado a abastecer e peça a eles para dar a destinação final.

O que pode dar errado?

  1. O motor não pega: Pode ser que tenha entrado ar no circuito, aperte mais a borboleta do dreno e tente novamente.

  2. O motor pega mas não “firma” a rotação: Pode ser que a borboleta tenha ficado um pouco frouxa, permitindo entrada de ar (pequena) aperte mais e tente novamente.

  3. A borboleta plástica quebrou: Este problema acontece com certa freqüência principalmente em veículos que são abertos poucas vezes, a única solução (se você estiver perto de uma concessionária compre outra e troque-a) é colocar alguma coisa para tampar o orifício, pode ser um pedaço de galho, apontado com o canivete (se você decidiu fazer esta operação no meio do nada...) gire-o até que seja feita nele uma rosca, tente partir o motor novamente e verifique quanto a vazamentos, um vazamento pode significar entrada de ar.

  4. Em todos os casos de problema, se o motor não quiser partir, procure o posto de atendimento mais próximo.

  5. Execute a “sangria” do sistema e tente fazer pegar o carro novamente.

Este procedimento está descrito no manual do proprietário dos veículos Land Rover movidos a diesel.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!